domingo, 15 de novembro de 2015

A Rosa Azul

«E se você dormisse? E se você sonhasse? E se, em seu sonho, você fosse ao Paraíso e lá colhesse uma flor bela e estranha? E se, ao despertar, você tivesse a flor entre as mãos? Ah, e então?» - Die Blaue Blume, Novalis.

A Rosa Azul, aquarela.
A flor azul tem um simbolismo especial. Novalis foi o primeiro a usar esse símbolo quando a bordou em seus escritos inspirado por uma pintura de seu amigo Friedrich Schwedenstein. Conta-se que o jovem Heinrich sonhou que caminhava por um bosque e encontrou uma brilhante flor azul rodeada de outras flores de outras cores. Mas Heinrich só teve olhos para a azul, a qual contemplava cheio de ternura. Goethe também buscou em Itália a sua "Urpflanze" ou "Planta Original". Caravaggio ensaiava em suas pinturas esboços de uma tal rosa veneziana, azul como os céus de Veneza. A flor azul parece unir na natureza, o homem e o espírito humano. Representa a luta metafísica pelo perfeito e infinito em sentimentos como o respeito, a admiração, a apreciação, o desejo e o amor distante... trovadoresco, inalcançável, ou mesmo platônico.

3 comentários:

  1. Parabéns, sério mesmo! Admiro seu trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, sério mesmo! Admiro seu trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo elogio, é muito importante para mim!

      Excluir